Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘New York’

Aproveitei este post para avisar os desavisados que curtem e acompanham séries. As Séries que acompanham começaram as novas temporadas. Segue abaixo as séries para vocês darem uma conferida. Vale a pena!!

;

O link para baixa é este: http://seriesempt.com/

1 – A melhor – Son of Anarchy ( Pelo menos até iniciar a nova temporada do Game of Thrones) – Começou a 5 temporada esta no episódio 5.

Sons of Anarchy é um clube de motoqueiros fora-da-lei que tentam proteger a sua cidade, Charming, na Califórnia, de traficantes de droga e empresários de grandes corporações. A série é focada em Jax, membro de um gang de motociclistas fundado pelo seu pai, tendo agora que criar o seu filho recém nascido, ao mesmo tempo que descobre que o gang como é hoje, pode não ter sido exactamente o que o seu pai desejava, uma irmandade. Uma série ao estilo “Prison Break”.

2 – Fringe – Também está na 5 temporada.

Fringe é um drama que explora a ténue linha entre a ficção científica e a realidade. Quando um acidente aéreo ocorre em Boston matando todos os passageiros e a tripulação de forma chocante, a agente especial do FBI Olivia Dunham é chamada para investigar. Depois que o seu parceiro, o agente especial John Scott quase morre durante a investigação, Olivia procura desesperadamente por ajuda e acaba por conhecer o Dr. Walter Bishop, considerado o Einstein da nossa geração. Só há um problema: Walter esteve internado numa clínica psiquiátrica nos últimos 20 anos e a única forma de questioná-lo é pedindo ajuda a Peter Bishop, o estranho filho de Walter. Quando a investigação de Olivia a leva à manipuladora executiva Nina Sharp, este trio improvável ao lado dos agentes do FBI, Philip Broyles e Astrid Farnsworth, vai descobrir que o que aconteceu com o voo 627 é apenas um pedaço de uma verdade maior e mais chocante. Estaremos diante de uma nova versão de The X Files?

3 – Revenge – Maravilhosa, esta na 2 temporada.

A série conta com Emily VanCamp no papel principal, ela é Emily Thorn, uma jovem que acaba de se mudar para Hamptons, um paraíso para os ricos. Mas, o que ninguém sabe é que Emily na verdade é Amanda, filha de um casal que morava na mesma casa que, a agora Emily, vai morar. Algo aconteceu no passado que destruiu a sua família. Não se sabe exactamente o que aconteceu, mas Emily está de volta para uma “simples” vingança (Revenge, em inglês). Ela vai-se vingar, um a um, de todos os que de alguma maneira influenciaram a sua família e a levaram a destruição.

4 – Blue Bloods

Blue Bloods é um drama sobre as várias gerações de uma mesma família dentro da polícia de Nova York. Frank Reagan (Tom Selleck) é o Chefe de Polícia de Nova York e o patriarca da família Regan que ele dirige com a mesma rigidez de seus soldados, do mesmo modo que foi tratado pelo seu pai, Henry (Len Cariou) durante o seu período como Chefe. Uma fonte de orgulho para Frank é o filho mais velho, Danny (Donnie Whalberg), um detective experiente, homem de família e veterano da Guerra do Iraque, que de vez enquanto usas as técnicas militares para resolver casos duvidosos. A única mulher no clã Reagan é Erin (Bridget Moynahan), assistente da NYDP recém separada, que também serve como uma bússola jurídica para os irmãos e o pai. Jamie (Will Estes) é o mais novo Reagan, recém saído de Harvard, onde estudou Direito, mais incapaz de quebrar a tradição família, o “menino de ouro” da família desistiu de um futuro brilhante na Advocacia e tornou-se um policia, uma mudança de carreira que foi apoiada por sua namorada, Sydney Davenport (Dylan Moore), uma estudante de direito. O vida de Jamie sofre uma reviravolta quando ele integra uma investigação policial clandestina, sem o conhecimento do pai, que poderá impactar o legado da família.

5 – The Walking Dead

O mundo que conhecíamos já não existe. Uma epidemia de proporções apocalípticas varreu o mundo inteiro fazendo os mortos levantarem-se e alimentarem-se dos vivos. Em apenas alguns meses, a sociedade desintegrou-se. Num mundo dominado pelos mortos, somos forçados a finalmente começar a viver. Baseado na banda desenhada de Robert Kirkman, esta série centra-se no mundo após um apocalipse zumbi, no qual um grupo de sobreviventes é conduzido pelo policia Rick Grimes (Andrew Lincoln) em busca de um lugar seguro para viver.

6 – The Vampire Diaries

Quatro meses após o trágico acidente de viação que matou os pais de Elena Gilbert e seu irmão Jeremy, eles ainda estão aprender a lidar com o luto. Elena sempre foi uma rapariga popular, bonita, e cheia de amigos. Mas agora precisa aprender a esconder a tristeza do mundo. Quando o novo ano escolar começa, Elena e as suas colegas ficam fascinadas por um misterioso e charmoso novo colega, Stefan Salvatore. Stefan e Elena imediatamente se aproximam, sem que a rapariga saiba que Stefan é um vampiro com centenas de anos de idade, lutando por uma vida pacífica entre os humanos, enquanto o seu irmão, Damon, é a personificação da violência e brutalidade dos vampiros. Agora os dois irmãos vampiros – um bom, outro mau – estão em guerra pela alma de Elena e pelas almas dos seus amigos, família, e todos os habitantes da pequena cidade de Mystical Falls. The Vampire Diaries é adaptada de uma série de livros de LJ Smith com o mesmo nome, onde o romance e o terror andam de mãos dadas.

Read Full Post »

Um post rápido , estou neste momento apreciando um momento de criação , minha filha resolveu fazer bijuteria .

20121014-124408.jpg

As crianças hoje são muito espertas.

20121014-124444.jpg

Quem sabe não estou presenciando uma nova design da H.Stern?

20121014-124533.jpg

 

Read Full Post »

Desculpem a demora na finalização, mas segue abaixo o final do dia, eu demorei pois estava preparando um vídeo da viagem e gostaria de colocá-lo neste ultimo capítulo, espero que gostem!!

Conforme falei no post anterior, estávamos indo conhecer a ilha pirata, a entrada para a ilha tínhamos que atravessar uma ponte de corda, um barato!

Após a travessia você sai de cara para uma caveira gigante, minha filha se encolheu no carrinho e já ficou com medo, meu filho não demonstrou mas ficou ressabiado.

E passando pela Caveira você depara com uma figura gigante de pirata, já menos assustadora.

Na ilha existem diversas opções, elas se dividem em brinquedos e cenários. Os brinquedos não são muitos, tem o barco pirata, que eu amarelei pois enjoo fácil e a casa dos espelhos. Agora os cenários são demais, este sim me divertiram. Uma passagem muito boa foi quando me separei sem querer da minha família aproveitei para fazer umas filmagens e umas fotos, foi quando avistei uma passagem escondida.

Meio sinistra né? Não imaginei o que era, fiquei empolgado, parecia uma criança descobrindo um tesouro, nem imaginava o que era isso. Me aproximei lentamente, liguei o iphone, imaginei uma super filmagem ali, a porta estava meia aberta, no inicio achei que era uma entrada de serviço ou algo assim, quando empurrei a porta de ferro, chegou a fazer aquele barulho de porta enferrujada, comecei a pensar se entraria ali sozinho ou não.

” Marcelo, você é um adulto, pai de dois filhos, não seja ridículo e entra logo.”

E la fui eu, no início não enxergava nada, era muito escuro, mas quando meus olhos se acostumaram vi uma caverna escura, era um cenário imitando uma caverna de tesouro, mas era horripilante, era uma mistura de castelo do terror com Piratas do Caribe.

Para vocês entenderem o cenário, tentarei descrever, eu lembro bem pois fiquei parado analisando antes de atravessar para o outro lado.

Era uma caverna escura com uma passagem, como se fosse uma ponte de concreto, de um lado umas caveiras e uns piratas em forma de caveira murmurando enquanto umas luzes piscavam, já no outro lado umas caveiras acorrentadas, como se tivessem morrido na prisão, e lá no fundo um escuro, como se não tivesse saída. Deu para ver que não era brincadeira não é mesmo? E o pior, não tinha um visitante, fiquei imaginando se não estaria interditado aquela porcaria.

Decidi continuar a passos largos, não podia correr, ia ser muito ridículo um adulto correndo com uma câmera na mão. A estratégia que usei foi ficar olhando para a tela do celular enquanto filmava, e deu certo, passei sem problemas, mas no final, onde parecia não ter saída, na verdade era uma curva para sair da caverna. Naquela situação eu só olhava para a saída, foi meu erro pois na curva tinha uma caveira que pulava em cima de você e gritava, foi o terror, eu gelei e acelerei, sai da caverna corrento e suando frio, branco!

Dei de cara com a minha família rindo de rolar, pois é, mas agora me pergunta se eles quiseram entrar lá, o que acham? O pior foi que entraram e como eu, saiu todo mundo correndo, muito bom.

Passando este momento fui conferir os cenários, parece coisa de filme, e não poderia de fotografar com o tubarão na praia ou o navio encalhado na montanha.

Olha que barato! Em cima da montanha tem um navio pirata.

Quase fui pego na praia, tive que sair na mão com o tubarão. ( Turista não tem medo de ser feliz). Após uma série de fotas com o tubarão resolvemos encarar as atrações com água e a montanha russa.

As duas atrações com água, uma delas não era novidade, eu já havia ido no dia anterior, a outra nada mais é do que uma queda em um carrinho em formato de tronco, mas com muita molhadeira, portanto tenha outra roupa, você irá se molhar, no choice.

20121012-212216.jpg

Agora preciso contar o que foi a montanha russa ao lado deste brinquedo aquático. Veja a foto vista de longe.

Grande e chamativa não é? Não sei o que passou pela minha cabeça, ou o que não passou por ela. Antes de chegar no brinquedo aquático acima, existe uma bifurcação, e resolvi escolher o lado da montanha russa, e o pior, estava sozinho. Quando me viram eu já estava me encaminhando para a entrada.

Para me azar nem fila tinha, passei direto pela roleta, tinha um garoto de 12 anos na minha frente, e já sentados no brinquedo, na primeira fileira um casal. O garoto sentou na segunda fileira de assentos, olhei para um lado tudo vazio do outro o garoto e um lugar ao seu lado, ia ser ali mesmo que eu morreria. Antes de sentar fui obrigado a deixar meus pertences, moedas, óculos, celular dentro de uma caixa, o que aumentou minha tensão. Ao sentar na cadeira, você fica com as pernas balançando, neste momento abaixa um cinto de borracha acolchoada no seu peito e como se não bastava a pressão que ele fazia no peito e no meio das pernas, o rapaz do parque ainda veio e apertou mais. Comecei a dar conta da burrada que tinha feito, comecei a ficar sem ar antes do brinquedo sair, o suor começou a descer pela testa, vendo minha agonia o garoto ao meu lado disse:” Fica tranquilo tio é a quinta vez que venho aqui”, não fez diferença para mim, eu nem olhei para o lado.

Quando o brinquedo começou a se movimentar, comecei a rezar, pedi aos anjos da guarda que me trouxessem em segurança. O bendito brinquedo virou de cabeça para baixo umas 10 vezes, olha na foto abaixo a foto que tiraram em um dos loopings, o garoto sorrindo e eu surtando.

20121012-212222.jpg

Pois é , depois disso fiquei enjoado até o final do dia, me arrependi de não ter comprado o filme, fica a dica, compre o filme é hilário o desespero.

Da atração fomos conhecer a parte temática do velho oeste americano, um barato, fotos com roupas da época são paradas obrigatória a qualquer um. O forte também é uma atração a parte.

Depois de muitas fotos no Oeste, fomos a praça de alimentação que fica ao lado, lá um Carrossel lindo, um dos mais bonitos que já vi na minha vida, minha filha ficou extasiada, deu inúmeras voltas.

Depois ainda passamos em algumas lojas, compramos presentes para a família e nos despedimos do parque. Esta foi uma ótima opção para as férias, um parque próximo, um custo acessível e com atrações incríveis. A minha primeira ida ao parque demonstrava um estilo mais circense, hoje com o filho do Beto Carreiro ao comando podemos observar uma nova linha, ele está traçando um caminho similar aos parques americanos como a Disney por exemplo.

Fica uma ultima imagem da saída do parque, ele deixará saudades e com certeza está marcado em nossas lembranças, obrigado Beto Carreiro!

Read Full Post »

 

Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior.É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz!”

Mario Quintana

Um vez me contaram uma história,ela foi se modificando, mudando as versões, se atualizando, mas sua essência se mantem. Vou contar esta história para que vocês entendam aonde quero direcionar este no papo.

Na beira de um riacho, embaixo de uma arvore, estava um matuto pescando, ao seu lado um radinho, uma cerveja e uma rede. Ao redor o barulho de pássaros se confundia com a musica do radinho, era uma paz, uma calma, parecia que nada podia estragar aquele momento, parecia um quadro um momento pleno e definitivo, aquilo era a grande conquista.

Num dado momento, um homem se aproxima e se apresenta com um grande empresário, ele estava procurando terras para um grande resort. Ele pergunta ao home se aquela terra é dele e quantos kg de peixe ele pescava ali. O homem meio sem entender onde iria levar esta conversa e sem a maldade peculiar de alguns aproveitadores ou verdadeiros  ignorantes ele respondeu: ” Estas terras foram deixadas pela minha família, diariamente eu pesco peixe o suficiente para toda minha família.

O homem não muito satisfeito com a simplicidade na resposta do humilde senhor sentado a sua frente, continuou sua arguição:

– ” Olha , com um visual deste, um riacho tão belo e peixe a vontade, poderíamos fazer muito dinheiro, porque não fazemos um acordo?”

Nesta hora o matuto se virou para o empresario sem ainda entender direito para que isso tudo, decidiu perguntar porque ele deveria fazer isso.

O homem deu uma risada maliciosa, zombando da resposta recebida e continuou:

” Olha, com o dinheiro das pessoas vindo a um resort que poderíamos construir aqui somado a pescaria que poderíamos comprar, abriríamos uma empresa lucrativa e poderíamos até expandir para outras regiões, você se tonaria rico e poderoso como eu”.

O matuto coçou a cabeça e perguntou para tudo isso. Neste momento o homem respondeu prontamente sem perceber a ironia do que havia acabado de dizer:

” Ora homem, você sendo um rico empresário não precisaria trabalhar nunca mais, poderia se aposentar você poderia comprar uma casinha na beira de um riacho, e ficar pescando o dia inteiro!”

Pois é, não vou me alongar muita em grandes reflexões nesta história pois sei que cada um irá interpretar de acordo com suas crenças e realidades, agora todos nós devemos parar para pensar um pouco se já não temos o que procuramos, ou melhor, qual o real sentido desta busca.

Vejo diversas pessoas correndo atras do rabo para voltar ao ponto de partida, vejo diversas empresas criando verdadeiros monstros ambiciosos, como se fossem pitbulls, para tornar ambições desenfreadas realidades, e para quem? Para os sócios comprarem seu lugar ao riacho.

As vezes me pego remando contra a maré, querendo deliciar cada minuto de vida, isso mesmo de vida, momentos, momentos estes que o dinheiro não compra.

Li estes dias um livro onde as pessoas dão seu depoimento sobre como foi sua vida e contando quais eram seus arrependimentos , acertos e quais os conselhos que poderiam deixar para quem estava no início da sua jornada. Fiquei feliz de ver que a maioria aconselhava a cuidar mais do seu corpo, dar mais valor a família, saber dividir seu tempo com a esposa e os filhos, viajar, fazer amigos e ajudar ao próximo.

Por coincidência, hoje vi um vídeo bacana, onde o Vlogger conta que perdeu seu padastro recentemente e a falta que ele faz. Ele mostra também que esta feliz de ter tido a chance de dizer a ele o quanto ele foi importante na sua vida e na formação de seu caráter, diz também quantas pessoas ele ajudou e o grande legado que deixou.  Com lágrimas nos olhos ele confidencia que sempre, sempre ele tinha palavras de incentivo e afeto, independente da natureza da situação.  Ele foi mais se manterá presente eternamente por tudo que realizou.

Neste momento, pergunto a vocês: O legado que você esta deixando te deixa feliz? Você já disse as pessoas que ama a importância que elas tem em sua vida? Você tem dado o devido valor as coisa importantes? Como lembrarão de você?

Pense nisso e mude sua atitude perante a vida, só assim poderemos criar uma nova forma de pensar e quem sabe dar condições as pessoas de se livrarem das algemas capitalistas e viciantes das grandes corporações, das obrigações que podam sonhos e nos rebaixa ao conformismo.

Sei que para muitos será um texto ” doido”, para outros um desabafo e quem sabe para muitos um colírio.

Desejo a todos que vivam plenamente, não vivam mais ou menos, não sejam “meio felizes” , não desistam nunca.

Quer saber quanta coisa você ainda não sabe desta vida? Elenquei aqui somente 24 :

01 – O nome completo do Pato Donald é Donald Fauntleroy Duck.
02 – Em 1997, as linhas aéreas americanas economizaram US$ 40.000 eliminando uma azeitona de cada salada.
03 – Uma girafa pode limpar suas próprias orelhas com a língua.
04 – Milhões de árvores no mundo são plantadas acidentalmente por esquilos que enterram nozes e não lembram onde eles as esconderam.
05 – Comer uma maçã é mais eficiente que tomar café para se manter acordado.
06 – As formigas se espreguiçam pela manhã quando acordam.
07 – As escovas de dente azuis são mais usadas que as vermelhas.
08 – O porco é o único animal que se queima com o sol além do homem.
09 – Ninguém consegue lamber o próprio cotovelo, é impossível tocá-lo com a própria língua.
10 – Só um alimento não se deteriora: o mel.
11 – Os golfinhos dormem com um olho aberto.
12 – Um terço de todo o sorvete vendido no mundo é de baunilha.
13 – As unhas da mão crescem aproximadamente quatro vezes mais rápido que as unhas do pé.
14 – O olho do avestruz é maior do que seu cérebro.
15 – Os destros vivem, em média, nove anos mais que os canhotos.
16 – O “quack” de um pato não produz eco, e ninguém sabe porquê.
17 – O músculo mais potente do corpo humano é a língua.
18 – É impossível espirrar com os olhos abertos.
19 – “J” é a única letra que não aparece na tabela periódica.
20 – Uma gota de óleo torna 25 litros de água imprópria para o consumo.
21 – Os chimpanzés e os golfinhos são os únicos animais capazes de se reconhecer na frente de um espelho.
22 – Rir durante o dia faz com que você durma melhor à noite.
23 – 40% dos telespectadores do Jornal Nacional dão boa-noite ao William Bonner no final.
24 – Aproximadamente 70 % das pessoas que leem este texto tentam lamber o cotovelo.

 

Read Full Post »

 

20120920-180412.jpg

“Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.”
Roberto Shinyashiki

Ô Mão Pesada!

Antes de começar a jogar uma ideia para pensarmos, quero que pensem em uma coisa importante, o tal do referencial, porque gostaria de explicar sobre isso?Pois nem todos sabem exatamente o significado da palavra referencial.

“Referencial – Que ou o que constitui referência, ou oque é utilizado como tal “ ( Aurélio – Pai dos Burros)

Não irei entrar no mérito do que é mais sofrido mas, o quanto é difícil para superar algo dependendo do referencial. Referencial é o ponto que marcamos para balizar nossos pensamentos ou atitudes. Quer um exemplo simples? Hoje está uma temperatura de 40 graus, é quente? Claro que é quente, ninguém pode negar que esta temperatura é alta, mas você não concorda que 40 graus no deserto é diferente de 40 graus na cidade? O lugar se tornou a referência, podemos dizer que dependendo do referencial a sensação de calor pode ser maior em um lugar ou em outro. No deserto a pessoa não sentirá tanto o calor como a pessoa de terno e gravata no centro da cidade, correto? Me arrisco até em dizer que mesmo na praia sem vento 40 graus para pessoas que não estejam acostumados a esta temperatura pode ser mais difícil de se habituar do que um morador do deserto, correto?

Esclarecendo estes pontos gostaria de entrar no ponto principal, as dificuldades que a vida apresenta para nossa realização pessoal ou profissional. Eu esclareci a palavra referencial pois muita gente se compara a outras pessoas e se acha menos capaz de concretizar seus sonhos por falta de estudo ou por morar em lugar menos privilegiados, diante disso gostaria de perguntar algumas coisas:

Uma família cuja filho estudou nos melhores colégios, viajou o mundo inteiro e hoje cursa faculdade ótimas possui um futuro de realizações pessoais e profissionais garantidos pela frente? E uma pessoa que trabalha desde pequeno, possui uma origem humilde e sempre estudou em colégio público? Qual destes dois tem mais chance de se realizar?

Estes casos que estou citando tem a finalidade de fazer você começar a pensar nas reais dificuldades que cada um irá passar para atingir a sua realização.

Antes de você tirar suas conclusões, gostaria de colocar alguns pontos a serem considerados. A pessoa mais humilde, que nunca teve nada, lutará menos ou mais da pessoa que sempre teve tudo sem esforço? A pessoa que nunca teve nada tem o que a perder ao se lançar em um sonho? Agora vamos falar do tal referencial, para a pessoa mais abastada largar sua zona de conforto, cair seu padrão de vida para realizar seu sonho é mais sofrido ou menos sofrido do que a pessoa que nunca teve nada e para ela mudar o rumo da sua vida para realizar seu sonho não significa mudança no seu estilo de vida de maneira drástica?

Veja bem, tudo isso que descrevi já deve ter feito você conjecturar diversas teorias, pontos, situações e outras coisas, mas o ponto que quero chegar é simples, qualquer um pode ir atras do seus sonho e realizá-lo independente da sua classe social ou econômica.

A principal frase que quero que vocês guardem é : A “Mão da Vida”é pesada e ela bate forte, não poupa ninguém, ela age de maneiras diferentes e não podemos julgar que foi mais fácil para uns ou para outros, pois para uma pessoa que nunca andou de ônibus ficar sem carro e passar a usar meio de transporte público é muito mais difícil para uma pessoa que sempre andou de ônibus. Então para analisar o grau de dificuldades que um ou outro esta passando depende muito do referencial.

Estou aqui falando de realização, de sonho, não de dinheiro. O que me motivou escrever um pouco sobre isso foi uma palestra que eu vi, de uma pessoa que diariamente ia para o trabalho se arrastando, infeliz e com a certeza que não queria continuar daquela maneira. Ele direcionou seus esforços para o que acreditava seu o seu sonho, passou por diversos obstáculos, e hoje ele vive do que sempre gostou de fazer. Na palestra ele usa este termo: A vida não perdoa, ela vai castigar você, cabê a você se levantar e continuar.

Desculpem o texto longo, mas gostaria de falar a todos que lerem isso, para não desistirem dos seus sonhos, eu estou atras do meu, continuo tomando uns “pescoções”da vida, mas não desistirei, sei que esta guardado o que é meu, sei que se eu sonho, é porque é possível! Não se espelhe na maioria que desistiu, se espelhe na minoria, que persistiu, fez diferente, não culpe os obstáculos, aprenda com eles e se torne mais forte!

Espero que todos consigam a sua realização pessoal ou profissional, tenho certeza que é possível viver uma vida plena e realizada, não importa quanto tempo demore para conquistar isso.

 

Read Full Post »

 

20120918-113215.jpg

Fico me perguntando até que ponto uma pessoa “normal” é inconsequente, até que ponto ela é capaz de envolver as pessoas da sua família ou outros da sua convivência nos seus disparates?

Estou vendo cada dia mais vezes as pessoas chamando as outras de egoístas por cuidar dos seus interesses, mas as vezes paro para pensar sobre isso, realmente o mundo se tornou mais individualista, mas consequentemente ele nos obriga também a ver que muitas vezes não podemos deixar que os problemas alheios se tornem nossos problemas, e nestas horas fico imaginando se sou egoísta.

Quantas vezes colocaram você em uma situação embaraçosa a qual você fica em uma encruzilhada tendo que decidir entre aceitar a situação ou dizer não? Quantas vezes lhe jogaram um problema que não era seu, para você se tornar responsável, sem o seu consentimento? Afinal , qual a linha que divide o egoísmo e o individualismo da auto-preservação?

Fui ao “pai dos burros” ver a definição para tentar ver a definição disso.

Egoísmo “amor excessivo ao bem próprio, sem consideração aos interesses alheio.

Individualista “ pessoa egoísta, egocêntrica ..”

Egocêntrico “ Quem refere tudo ao próprio eu, egoísta.”

Portanto no meu entendimento ficou claro, quando você agir pensando no seu bem estar, de maneira que não prejudique outra pessoa, você não pode ser chamado de egocêntrico, individualista ou egoísta. Diga não quando você achar que o problema não é seu, não envolva as pessoas em problemas que lhe pertencem, não sega egoísta. Em várias vezes não temos nem a escolha, somos jogados no olho do furacão e pronto, se vira! Não é justo.

Vamos começar a empregar estes conceitos de maneira clara, cuide de você, sua família e seus amigos e pare de prejudicar as pessoas jogando seus problemas para elas, achando que elas são obrigadas a compartilha-los com você. O amigo de verdade sempre fará o melhor para você de acordo com os valores que ele tem.

Mães egoístas, cuidem do seu filho de maneira sadia, não empurre para os outros as suas responsabilidades e as consequências da criação que você deu a ele, isso se chama egoísmo e irresponsabilidade. Ninguém pode ser prejudicado pelos seus atos inconsequentes! A vida já nos colocou bastante montanhas e lagos para atravessarmos.

Eu tento organizar meus pensamentos e meus atos respeitando os outros e com a certeza que os meus direitos acabam onde começa o de terceiros, portanto respeitem o próximo.

Não pensem que não devemos nos envolver nos problemas alheios para ajudar, não é isso, pelo contrário temos sim que ajudar ao próximo, mas esta escolha tem que ser nossa.

Desculpem o texto mais pesado mas todos temos nossos “carmas” , mas algumas pessoas insistem em torná-los mais pesados.

 

Read Full Post »

 

20120914-101757.jpg

Intocáveis (Intouchables)
Comédia, Drama.

Um filme de Olivier Nakache e Eric Toledano. Estrelando: François Cluzet, Omar Sy, Anne Le Ny e Audrey

Já deixei claro anteriormente que não sou um especialista em cinema, mas sim um freqüentador assíduo de todos os gêneros , o que me qualifica para dizer alguma coisa sobre os filmes.

Eu realmente só falo sobre filmes que gosto ou que odeio, antes que digam ” claro , ou você ama ou você odeia, não tem outra opção”. Tem sim, pelo menos no meu entender tem os filmes ” sessão da tarde”, que são aqueles que não acrescentam muito, até divertem , mas você poderia morrer sem vê- lo, não faria falta.

Eu já havia visto a chamada deste filme e não me chamou muita atenção , na verdade eu vi pois estava sem opção e me disseram que era bom, resolvi arriscar, e que surpresa!

No inicio fiquei desconfiado, Francês, o gueto, já pensei que seria um saco, mas com o tempo ele vai te puxando sem você perceber, quando você da conta já esta envolto na história, não tem mais volta, é como se os acontecimentos afetassem diretamente os nossos sentimentos, rimos junto dos personagens, nos emocionamos com eles nos afligimos e vai assim até o The End.

A história pode ser resumida em 2 linhas, não darei spoilers, pode ir nas cegas, não tem como errar. História envolvendo 2 personagens, um rico que sofreu um acidente e ficou deficiente ( Tetraplégico) e um morador do gueto de Paris que se torna seu acompanhante. Não se preocupe com esta breve descrição, ela não reflete a magnitude do filme, ele ira te emocionar, ele fará você rir desesperadamente como há muito tempo eu não fazia, ele ira fazer você refletir.

Este filme nos lembra o valor do ser humano, não somente o deficiente, esta discussão é clichê, mas a importância do tratamento, do amor, do carinho entre as pessoas, a humanidade que ainda existe em nós, as vezes adormecida.

Espero que gostem, indico de olho fechado! Depois comentem, gostaria de saber se concordaram comigo!

Um bom filme!

 

Read Full Post »

Older Posts »

A Vida como ela é ..... Simples assim!

Espaço destinado a mostrar a vida, simples como ela deve ser......

Blog do Churrasco - O original

Tudo que você queria saber sobre a arte de fazer Churrasco

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

%d blogueiros gostam disto: