Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Beto Carrero’

Mais um vídeo do Beto Carrero, desta vez segue um pedaço do show Excalibur, uma cópia do show que acontece em Orlando chamado Medieval Times. Enjoy.

 

Read Full Post »

Conforme prometi , seguem 2 videos da viagem que fizemos ao Beto Carrero.

 

Read Full Post »

 

Neste ultimo dia de Beto Carrero decidimos uma estratégia simples, na parte da manhã iríamos a todos os shows da Dream Works, ou seja os personagens do Madagascar, do Shrek e do kung Fu Panda, para isso acordamos bem cedo e as 9 hrs em ponto já estávamos na porta do parque.

Aproveitamos na entrada um guichê com mapas e programações do dia, enquanto esperávamos já traçamos as rotas no mapa de acordo com os horários dos shows, já que cada show aconteceria em um ponto oposto do parque. Aproveitamos e tiramos algumas fotos, entre elas os cavaleiros de Excalibur.

Claro que meu pai não iria perder a oportunidade de uma foto diferente, com a espada do rei Arthur e ao lado da rainha.

Após as sessões de fotos, partimos para dentro do parque, pegamos novamente o carrinho para minha filha e nos dirigimos para a primeira apresentação que seria na Vila Germânica, lá deveríamos encontrar o  Shrek. Estávamos adiantados e por insistência do meu filho por mais emoção no passeio, topamos ir no Dum- Dum, uma montanha russa level 3.

Emocionante, inclusive minha filha foi comigo, neste momento já estava preparado para novas emoções. Após 3 voltas resolvemos voltar,  pois minha filha já estava impaciente, mas antes resolvemos liquidar mais uma atração infantil, algo de mundo mágico ou seja qual for o nome, a atração consiste em um barquinho, navegando no interior de uma montanha, lotada de personagens parecidos com Legos e Playmobil, todos cantando e dançando, vestidos de soldadinhos, índios entre outros temas, no fundo aquelas músicas típicas da Disney, resumindo, para crianças abaixo de 6 anos.

Agora já estava na hora do show da Dream Works.

Chegando na Vila Germânica vimos que na verdade o próximo show aconteceria na entrada do museu do Beto Carrero, disparamos para lá e chegamos junto dos personagens do Madagascar. estavam eles, a Hipopótamo, os Pinguins , aquele bicho estranho com olhos enormes e outro que também não sei o nome.

Depois enquanto almoçávamos, encontramos o resto da turma, o Leão Alex e os pinguins.

Pronto minha filha estava em outra sintonia já, neste momento ela definitivamente entrou na fantasia do parque, até então era um parque de diversões, brinquedos diferentes, novidades, mas agora ela estava vendo os personagens da TV, para ela eram eles ali.

Após algumas fotos aproveitamos para ver os estábulos , na busca pelo Faísca, o cavalo branco do Beto Carrero, demos azar ele tinha vindo para o Rio de Janeiro para participar do Criança Esperança.

Acabamos encontrando alguns personagens do show que iria começar, além de pegar o Rei despido dos seus trajes reais.

Após um rápido giro no estábulo corremos para a praça para finalmente ver o Shrek. Agora aqui cabe um adendo, na verdade não são shows, são somente fotos com os personagens, ele chega posa para as fotos e quem viu, viu, quem chegou atrasado, só na próxima sessão de fotos.

O local destas fotos seria ao lado de um coreto, isso mesmo, uma réplica de coreto. Enquanto esperávamos, descobrimos uma réplica de Taberna Germânica, e consequentemente uma caneca de cerveja, saúde.

De repente, minha filha começa a gritar e apontar para um gigante verde e um gato de chapéu vindo em nossa direção, minha esposa parecia uma criança, não sei quem estava pulando mais alto naquele momento, mas eram eles o Shrek e o Gato de Botas, perfeito, realmente você entra no clima, muito bom, eu tenho que confessar que também adorei estar ali, acho que todo mundo é contagiado com o clima de magia, acho que todos viram crianças mesmo.

E logo em seguida já encontramos o Kung Fu Panda, como são iguais ao filme.

Pronto, missão cumprida! Todos os bichos registrados, minha filha feliz, agora poderíamos comer alguma coisa antes de continuar, já era quase 13 hrs e meus filhos pediram para comer alguma coisa.

DICA: Existe um restaurante em frente ao museu do Beto Carrero chamado Atalyba, uma ótima opção, custo benefício excelente, trata-se de um buffet, sai mais em conta que comer junkie food na praça de alimentação.

Fomos atendidos pelo dono do restaurante, atendimento carinho e especial.

Após parada para comer ( Só as crianças comeram, decidimos não arriscar, já que eles queriam ir nas montanha russas), partimos para brinquedos radicais e emocionantes. Meu filho estava doido para ir conhecer a Ilha dos Piratas, achei uma ótima ideia, devia ser emocionante, eu sou fã dos filmes de Piratas e se na ilha tivesse atrações tão bem feitas com as que vimos até agora seria perfeito.

Esta segunda parte escreverei no próximo post, espero que gostem e seja de grande ajuda.

E la vamos nós, para chegar a ilha existe uma ponte de madeira muito legal.

 

Read Full Post »

 

Pois bem, após um grande show dos cavaleiros em Excalibur, almoço devorado ( Cardápio – Arroz, feijão, fritas, 2 pedaços de frango e algo parecido com estrogonofe de carne), partimos para a próxima atração. Vale lembrar que ganhamos uma cortesia para a festa da minha filha que acontecerá em Setembro , uns souvenires para as crianças , não posso contar se não a Dani me mata.

O rei e a rainha ainda nos agraciaram com uma linda foto.

Feitas as referências, decidimos que até o final do dia iriamos priorizar os shows, já que os brinquedos estavam cheios, lembra dos colégios que falei no outro post? Pois é.

Os shows tem hora certa para começar e o ideal é que ao entrar no parque você já os tenha em mãos, pois eles se tornarão seu ponto de referência. Neste momento iria começar o show dos carros, era uma nova atração chamada ” Velozes e Furiosos”.

Era uma arquibancada gigantesca e um super cenário com um telão ( na foto acima pode ver este telão em cima de um prédio azul). Ao começar o show o apresentador conta sobre o show que vira e pede que prestemos atenção a história no telão.

Começa um filme , aparecem 5 carros vermelhos em uma oficina e os motoristas trabalhando nos motores, num certo momento entra a mãe de um deles e solicita que comprem no mercado um bacalhau, eles saem a todo vapor pela cidade em direção ao mercado, mas tudo isso estava sendo mostrado no telão até o momento, de repente começa um barulho de motor e os carros surgem na pista a nossa frente fazendo as mais radicais manobras que já vi ao vivo, muito bom.

Após o desenrolar da história, o animador do show pergunta para a platéia se alguém gostaria de dar uma volta nos carros, neste instante minha esposa que até então estava ” pacata ” ao meu lado, levanta abruptamente e começa a chamar o animador, gesticular e rodar o casaco, e sabe o que acontece? Exatamente, imagina uma loira linda no meio de um monte de careca barrigudo, ele chamou a garota loira de azul para dar uma voltinha de carros envenenados, alguma coisa parecida com passeio no parque.,

Ela simplesmente foi em direção aos carros, sem pestanejar nem olhar para traz, eu não entendi nada, foi um misto de emoções, felicidade, susto e medo, pois os caras dos carros são meio doidos e ela enjoa fácil, não ia dar certo.

Após colocar o capacete e entrar no Gol vermelho, o carro saiu cantando pneu e logo em seguida emendou numa seção de “drift”, para depois sumir no fim na pista. Passaram 5 minutos e lá veio o carro a 300 km /h e em frente a platéia deu 2 cavalinhos de pau e parou.

Quando ela saiu do carro e o locutor perguntou como tinha sido,ela até tentou dizer umas palavras, mas nada em nossa língua, ela estava tão nervosa que não conseguia falar, só ouvi um grunhido parecido com meu nome. Quando chegou do meu lado , estava pálida, eu ainda perguntei a ela: “Por que você foi?” Me respondeu que havia pensado em mim e que iria guardar lugar, mas ao chegar lá embaixo nos carros, o rapaz avisou que ali não era fila de ônibus, que tinha que ser ela mesmo, eu quase surtei de tanto rir.

Depois do show corremos para o trem, é uma locomotiva antiga que fica entre o Zoológico e o Show que estávamos, ela dá um passeio bem bacana em uma parte do parque onde reproduziram a fazenda do Beto Carreiro, o mundo perdido, a floresta selvagem , entre outras atrações, as crianças adoraram.

20120827-095341.jpg

O trem retorna para o mesmo ponto , sugiro que você aproveite e já dê uma volta no Zôo, um dos mais bonitos do Brasil. vi espaços amplos, tudo muito limpo e organizado .

20120827-130831.jpg

20120827-130840.jpg

20120827-130848.jpg

20120827-130856.jpg

20120827-130903.jpg

20120827-130912.jpg

20120827-130921.jpg

20120827-130930.jpg

Lindo não é mesmo? Minha filha já foi em Zoológico no Rio de Janeiro e São Paulo , mas este é magnifico, ela
amou ver de tão perto animais que ela só vê em desenho , ela particularmente adorou o leão, tigre, hipopótamo e a girafa. Neste passeio tentamos ir no mamãe e filhote, que é um programa que permite que as crianças alentes os filhotes de animais , mas é com hora marcada, fique de olho ou se informe na entrada do parque.

Depois disso, estávamos em débito com meu filho Lucas, ele queria um brinquedo de emoção, ele me dizia que o Elefantinho que sobe e desce  não contava, embora eu discordasse até aquele momento.

Portanto decidimos em um brinquedo radical e molhado! O Império das Águas. 

Dica: Leve em todos os dias do parque um jogo extra de roupas e meias, além de um chinelo ou tênis, pois quando molha, molha mesmo. Ou na entrada do parque, ao lado direito, existe uma loja que vende barato uma capa de chuva bacana ( R$ 10,00), que você aproveitará em outras ocasiões.

Agora nesta parte do Post, vou mostrar minha bravura e determinação de levar toda a verdade para vocês,  passarei por cima de qualquer consequência que possa ocorrer, mesmo a separação, pois fui ameaçado para não relatar o barraco na fila do brinquedo.

Tudo começou devido a quantidade de alunos de um mesmo colégio, que resolveu tornar o parque praticamente seu quintal de casa, sem respeitar as filas ou o direito alheio. Estas crianças , conforma descrevi anteriormente, pareciam Gremlins, se multiplicavam inexplicavelmente nas filas, mas enquanto era na parte de trás da fila, não tiveram consequências, mas quando começou este milagre da multiplicação na nossa frente, a “chinela cantou”.

O brinquedo possui a capacidade para 5 pessoas, quando tinha um número inferior de passageiros no brinquedo, o dever do rapaz do parque era chamar o próximo na fila, e no caso negativo, continuar perguntando até lotar o brinquedo, mas não era  o que acontecia. Como eram muitas crianças e professores do mesmo lugar, quando faltavam pessoas para completar a capacidade da boia deles, eles buscavam alguém do colégio na fila, ou seja, sempre tinha 2 ou 3 pessoas sempre passando na sua frente e a fila não andava.

Só percebemos isso depois de 1 hra na fila, pois começamos a reparam que as crianças espertas atras da gente na fila num passe de mágica sumiam e reapareciam lá na frente, não preciso dizer que primeiro minha esposa foi falar com os professores para avisar que tinha acabado a festa, como não surtiu efeito ela se dirigiu até a catraca do brinquedo, onde era feito a triagem do bote, e avisou ” acabou a festa, a partir de agora ninguém mais fura fila, só por cima de mim!”, e você acredita que a partir daí a fila começou a andar? Direitos estão ai para serem respeitados, e depois de irmos no brinquedo, no final do dia ainda  fizemos uma queixa por escrito ao parque, pois perdemos horas na fila simplesmente por falta de preparo dos funcionários e ainda nos expomos, confrontando aqueles Gremlins.

Passado o estresse, fomos correndo ao Show na lona principal, O Sonho do Cowboy,  que teria uma musical de faroeste, cujo protagonista era o Beto Carrero, na verdade tudo é uma homenagem a ele, inclusive no final você passa pelo museu, onde estão seus pertences e fotos com as mais diversas celebridades nacionais e internacionais.

Antes do show comprei batata frita e Hot Dogs na lona ao lado, já que pode comer la dentro e o show acontece na hora do jantar das crianças. Vale a pena o musical, inclusive o Madock, o vilão da história, é um ator que trabalhava na Disney e veio trazendo suas experiencia aos palcos nacionais.

Fundador e criador do Parque: O Sr. Beto Carrero

Os dançarinos e no fundo o maravilhoso cenário.

Depois do show, pé na estrada rumo ao hotel. Na noite anterior comemos pizza, e agora? Estávamos tão cansados, que acabamos pedindo uns frangos pelo telefone, eles entregam no hotel, e diga-se de passagem são maravilhosos, eles parecem KFC, aquela rede americana de frangos fritos. Informe-se na portaria, acabei não pegando o nome.

E assim acaba o primeiro dia no Parque.

Próximo Post —-) Segundo dia.

 

Read Full Post »

Férias

As esperadas férias chegaram , já havíamos nos programado, estava tudo pago, era somente pegar o avião, nosso destino final : Beto Carreiro.

Nossa viagem se dividiu em 2 etapas, a primeira em São
Paulo e depois Penha onde fica localizado o parque do  Beto Carrero.

Primeiro dia

Ao chegarmos a São Paulo , já fomos recebidos pelos meus pais que tinham programado um jantar em um restaurante típico chinês, localizado no bairro das Perdizes chamado Esmeralda , vale uma conferida, foi neste restaurante que percebi que o China in Box é o fastfood da china.

Aproveitamos o final do dia para visitar alguns amigos, pois estas ferias seriam de passeio e não queríamos desperdiçar nenhum minuto.

Segundo dia

No segundo dia, acabamos descansando um pouco mais e saímos somente para almoçar , fomos a um restaurante chamado Giggio, que de tão procurado, nos obrigou a madrugar por lá , as 11:50 já estávamos na mesa e o restaurante estava parcialmente cheio.

Após o almoço fomos conhecer o bairro da liberdade, uma colônia japonesa, ou seja, podemos encontrar todo tipo de produto ligado a cultura japonesa , mas não se engane, nada é barato.

“A Liberdade é um bairro turístico da cidade de São Paulo, localizado parte no distrito da Liberdade e parte no distrito da Sé. É conhecido como o maior reduto da comunidade japonesa na cidade, a qual, por sua vez, congrega a maior colônia japonesa do mundo, fora do Japão.”

Wikipédia

Fechamos o dia dos pais com uma rodada de pizza tradicional em casa.

Terceira dia

Neste dia resolvemos já arrumar as coisas e sair somente para almoçar, fomos a um restaurante muito gostoso chamado Mourisco Forneza, muito bom, trata-se de um restaurante a quilo com preço e qualidade excelente.

Aproveitamos este dia para conhecer um dos shoppings mais bonitos que já fui, o Higienópolis. Meus filhos estavam querendo assistir o filme Valente, da Disney, e eu e minha esposa precisávamos ver algumas coisas, aproveitamos isso aliado ao fato de estarmos conhecendo um lugar lindo, com arquitetura impressionante, quem vier a São Paulo vale uma conferida.

“Inaugurado em 1999, o Shopping Pátio Higienópolis oferece um ambiente agradável e aconchegante para os moradores do bairro e região. Conservando as características da arquitetura européia clássica do século XIX….arquitetura externa única que inclui uma fachada espelhada, com visão para o antigo casarão do barão do café Leôncio de Magalhães e que incluem um bulevar arborizado.”

(site do shopping)

Assistimos ao filme, que diga-se de passagem foi muito bacana, Disney sempre será Disney. Após sessão de cinema decidimos ir a um restaurante Japonês, a roubada da noite.

Estávamos procurando um restaurante Japonês pois  meu filho já nos pedia comida japonesa há um tempo, mas eu queria achar algo com preço bacana já que com tantas idas e vindas o caixa ficou baixo.

Entramos em um restaurante conhecido, mas de cara já peguei antipatia com o garçom , pois ele não explicava nada direito e ficava olhando com cara de ” que saco” .

De qualquer maneira, pedimos 3 rodízios , minha filha de 3 anos, meu filho e meu pai, enquanto eu, minha esposa e minha mãe pedimos um prato quente.

O problema começou quando vieram as peças do rodízio e reparamos que os garçons ficavam toda hora rodeando a mesa, como se tivessem vigiando eu e minha esposa para que não comêssemos o rodízio do
meu filho. Aquilo foi me inflando , comecei a me sentir ofendido, mas ainda tentei me controlar .

A gota d’água foi quando veio um funcionário com cara de gerente anotar mais um pedido do meu pai, e ao invés de prestar atenção , ficou olhando os pratos para ver se estávamos “roubando” peças do Rodízio . Ele saiu e nunca mais voltou a nossa mesa, pelo contrario , ficou de conversa com os garçons e olhando em nossa direção.

Passaram-se 10 minutos e nada , mandei chamar o garçom e o mesmo informou que tudo que havíamos pedido já havia chegado e que tínhamos comido, nesta hora minha pressão subiu, vi teto preto e arrumei um barraco. O gerente sumiu , o garçom estava tremendo na mesa e ouviu tudo que merecia e não merecia por conta da covardia do gerente TOM que correu.

Pena, o máximo que posso fazer é uma reclacao por email e avisar quem for a SP ou more na cidade que evite este antro, fica baixo o restaurante que causou a noite desagradável .

Ryu Uzushi ( http://www.ryuuzushi.com.br)

Quarto Dia

Neste dia deixamos as crianças com meus pais e fomos fazer uma visita a 25 de Março, nosso objetivo era comprar algumas coisas para a festa da minha filha. A 25 de Março é conhecida pelos produtos chineses com um super preço, inclusive os ” Xing Lings”, réplicas de relógios, bolsas de marcas famosas. Veja a foto abaixo, me achou? E a Dani? Esta então, eu perdi com 4 minutos de caminhada.

“A rua Vinte e Cinco de Março localizada na cidade de São PauloSP, considerada o maior centro comercial da América Latina,pois consiste em um dos mais movimentados centros de compras varejistas e atacadistas da cidade.

Um dos grandes entraves do comércio local é o alto número de barracas de camelôs que disputam espaço com as lojas comerciais, vendendo os mais diversos produtos nacionais e importados, sem o reconhecimento oficial.

Nas suas proximidades existem diversas galerias que vendem produtos importados a baixo custo, com destaque aos aparelhos eletro-eletrônicos, podemos citar a Galeria Pagé, conhecida pela grande gama de produtos postos à venda, Shopping 25 de Março entre outros estabelecimentos comerciais.

Depois de mais de 4 Hrs andando, resolvi dar um basta ! Carreguei minha esposa no colo para fora daquele inferno, destino – Mercado Municipal.

Saímos faltando 40 minutos para o mercado municipal fechar, ele fecha as 18 hrs, mas depois das 17 hrs muitas barracas já encerraram suas atividades. O objetivo da visita era comer os famosos bolinhos de bacalhau e pastéis do mercado, além de conhecer este lugar incrível, de arquitetura imponente.

Wikipédia

Conseguimos nosso pastel e nosso bolinho de bacalhau, caro, mas gostoso. Você não gasta menos de R$ 6,00 em cada um.

O lugar é um espetáculo, você encontra frutas exóticas e raras além das tradicionais, embora com preço caro, mas com uma qualidade excepcional, as frutas brilham. Lá tem peixes, legumes, iguarias do mundo inteiro.

“Projetado pelo escritório do arquiteto Francisco Ramos de Azevedo em 1926, o Mercadão foi inaugurado em 25 de janeiro de 1933. A execução dos vitrais foi entregue ao artista russo Conrado Sorgenicht Filho, famoso pelo trabalho realizado na Catedral da Sé e em outras 300 igrejas brasileiras. Ao todo, são 32 painéis subdivididos em 72 lindos vitrais.

O prédio – que ocupa um espaço de 12.600 metros quadrados de área construída às margens do rio Tamanduateí – abriga mais de 1.500 funcionários que, juntos, movimentam cerca de 350 toneladas de alimentos por dia em seus mais de 290 boxes. Os permissionários – nome que se dá ao lojista ou comerciante que tem a permissão de uso do espaço para comercialização dos produtos nos boxes do Mercadão – têm seus interesses representados pela Renome, uma associação de direito privado, constituída por tempo indeterminado e sem fins lucrativos.”

http://www.mercadomunicipal.com.br/index.php?page=institucional

Próximo Post ->  SP – Beto Carreiro.

Read Full Post »

A Vida como ela é ..... Simples assim!

Espaço destinado a mostrar a vida, simples como ela deve ser......

Blog do Churrasco - O original

Tudo que você queria saber sobre a arte de fazer Churrasco

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

%d blogueiros gostam disto: