Desempregado · Lugares e Pessoas

Diário de um desempregado

20130408-010557.jpg

Diário de um desempregado

Hoje começo a postar a experiência que tive como desempregado, aproveitei a ” chance”, como decidi encarar, e fui para luta para me recolocar , e da pior maneira, em outro segmento. Fui demitido em Novembro de 2012 e contratado por outra empresa dia 03 de Abril, isso mesmo , quase 5 meses neste limbo.Decidi escrever sobre este assunto na expectativa de auxiliar alguém que esteja passando por isso.

Para adiantar a vocês e evitar sentimentos de pena , revolta ou qualquer outro que não seja curiosidade, entretenimento ou fagulhas de reflexão, aviso que já estou empregado, amanhã é meu primeiro dia e este texto já estava pronto aguardo somente minha efetivação para publicar, portanto just Enjoy !

Este assunto é uma novidade para mim , é a primeira vez que ” tomo pé na bunda”, mas garanto que não é uma sensação boa, pelo menos no inicio , mesmo odiando seu trabalho é uma mistura de alivio com preocupação.

Eu trabalhava em uma empresa do mercado financeiro por 2 anos, havia trocado meu antigo emprego , onde havia ficado 11 anos. Esta troca foi consciente e me proporcionou um salto financeiro, embora soubesse dos riscos.

No inicio sempre é uma surpresa pois a nossa idéia é que a demissão só acontece com os outros. Não me arrependo, fiquei exposto as intempéries do mercado que quando retrai sobra para os novatos.

Mas vamos diretamente ao assunto, o dia D ( ficou até bonito, D emissão ).

Quando você chega no trabalho e após 10 minutos ainda não foi chamado para uma reunião, não levou uma bronca e não foi cobrado de nada, abra seu olho, acho que é a deixa, pode contar que “lá vem fumo”, deve ser uma cartilha demissional.

Sentado de frente para seu algoz , você só presta atenção nos primeiros 5 minutos de balela, o resto é desculpa. A primeira reação é a desorientação , demora a cair a ficha e por mais ridículo que seja o pensamento que impera é preocupação com as pessoas em volta, a vergonha, o que estarão pensando de mim, o fracassado? O azarado? O injustiçado? What ever.

Enquanto o tramite se desenrolava, as pessoas ficaram olhando disfarçadamente eu “encaixotar” minhas coisas, mas no intuito de amenizar este mal estar, o silêncio no ar, decidi que isso não se tornaria um fardo até porque não me sentia um derrotado, sempre dei o melhor de mim com as ferramentas que tinha, portanto se não servia mais , não podia fazer nada, só restava lamentar ( ou não ) portanto levantei a cabeça arrumei tudo organizado e antes de pegar definitivamente a caixa com minhas reliquias e documentos , me despedi de cada um ali presente e só depois disso fui embora, desta maneira evitei aqueles olhares inquisidores e curiosos.

A partir deste momento descrevo para vocês minhas experiências pós demissão .

Aproveitei esta ” chance” e fui para luta para me recolocar , e da pior maneira, em outro segmento.
Fui demitido em Novembro de 2012 e contratado por outra empresa dia 03 de Abril, isso mesmo , quase 5 meses neste limbo.Decidi escrever sobre este assunto na expectativa de auxiliar alguém que esteja passando por isso.

Este assunto é uma novidade para mim , é a primeira vez que ” tomo pé na bunda”, mas garanto que não é uma sensação boa, pelo menos no inicio , mesmo odiando seu trabalho é uma mistura de alivio com preocupação.

Eu trabalhava em uma empresa do mercado financeiro por 2 anos, havia trocado meu antigo emprego , onde havia ficado 11 anos. Esta troca foi consciente e me proporcionou um salto financeiro, embora soubesse dos riscos.

No inicio sempre é uma surpresa pois a nossa idéia é que a demissão só acontece com os outros. Não me arrependo, fiquei exposto as intempéries do mercado que quando retrai sobra para os novatos. E aqui estou eu demitido, no olho da rua ou se preferir desempregado.

Continua…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s