Para pensar .... Reflexão

Domingo de Reflexão

Domingo de reflexão

Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das
pessoas apenas existe.” (Oscar Wilde).

Neste momento, entra na cozinha a esposa deste meu amigo. Enquanto devorávamos a pizza portuguesa, começamos a conversar sobre a vida, as reclamações e as dificuldades.

Bom chegou o momento de abrir a cachola e começarmos a colocar para fora os “nós cerebrais”, se é que posso chamar assim estas caraminholas que vivem nos deixando a vagar em duvidas, culpas e incertezas que acabam nos fazendo mal.

Hoje pela milionésima vez me peguei pensando que deveria melhorar como pessoa, que eu deveria parar de ansiar os problemas rotineiros de dentista, contas a pagar, rodízio de pneu de carro, segunda via de conta que não chegou blá, blá,blá, e começar a dar valor o que importa.

Para isso tenho que mudar minha postura frente aos acontecimentos do dia a dia.

No trabalho – protelo diversas tarefas chatas, ligações para pessoas irritantes, sem falar que o tempo todo estou limpando minha mesa tentando deixá-la limpa para talvez espelhar uma cabeça limpa e organizada. Por não gostar do que faço, embora ganhe bem, me arrasto para o trabalho já calculando quanto tempo para o horário de saída. Será que é saudável?

Desejo muito, acordar mais disposto e chegar ao local de trabalho com mais energia e felicidade, encarando o dia com mais naturalidade, evitando o desgaste emocional, consequência da pressão por metas absurdas e as constantes reclamações de chefes que nunca estão satisfeitos.

Com os filhos – me pego sempre pensando que preciso dar mais atenção ao meu pequeno Príncipe, nesta época ou idade com tantas informações, que muitas vezes ele nem sabe o que significa, mas repete aos quatro ventos como verdade absoluta.

A minha pequena tão carinhosa e grude que as vezes preciso entender esta fase de identificação com o pai herói, que de herói tenho minhas dúvidas. Preciso sair do padrão caseiro criado do eterno descanso paterno e entrar neste mundo infantil lindo que eles vivem.

Com a esposa – preciso parar de comparar esforços de quem esta mais cansado e quem é o culpado por esta carga de cansaço noturno que assola toda noite nossa cabeça. Precisamos unir forças e gerar uma energia gostosa nas noites da semana ao invés de desejar a Sexta Feira, afinal nos amamos e todo dia deve ser um dia especial de agradecer em gestos por termos um ao outro .

Acho que é valido, sempre estar querendo melhorar, mas acho que o mais importante é agirmos, e realmente assumir estes compromissos com ações, saindo do mundo abstrato da reflexão.

Precisamos fazer de nosso lar nosso Porto seguro, onde a família é um gerador de energia, um poço de aprendizado e uma fabrica de pessoas com valores.

Precisamos fazer do nosso trabalho um momento de aprendizado e entender que somos abençoados, pois o trabalho dignifica o homem, se não estamos satisfeitos devemos traçar um plano e fazer acontecer, mas enquanto isso, devemos dar nosso melhor de maneira saudável. NO STRESS.

Em muitos momentos, fico cansado de me sentir culpado por achar que não fiz o suficiente para as pessoas que me cercam, mesmo que elas me digam ao contrário ou que eu veja exemplos em outras pessoas de como não agir.

Nestas horas recorro aos meus queridos livros de autoajuda ou até mesmo meus livros espirituais.
Será que esta paranoia na busca pelo ideal acaba? Ou é necessária para evoluirmos e nunca pararmos de nos aprimorar? Até que ponto esta paranoia é saudável? Onde acaba a normalidade e começa a obsessão? Onde está linha tênue de separação? Será que ela existe?Meu sonho é o equilíbrio, mas o equilíbrio não formatado por filmes de dramas e novelas, que nos da uma receita de como é a felicidade.

Hoje decidi que as ações representarão minha maneira de viver, manterei minha serenidade e responsabilidade, começarei a curti o canto do pássaro no transito passando próximo a um bosque, curtirei o queijo cheddar da lanchonete em meu rápido almoço, ficarei lisonjeado pelo por do sol na praia indicando meu caminho de volta para casa e por fim ao chegar em casa, agradecerei a Deus pela família linda e saudável que ele me concedeu.

De repente, tomei um susto, minha esposa entrou sei la de onde e pulou em cima de mim, me dando um beijo cinematográfico, toda emocionada, ela estava ouvindo nossa conversa.

 

Anúncios

5 comentários em “Domingo de Reflexão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s