Lugares e Pessoas

Meu príncipe e minha princesa

A partir de hoje resolvi compartilhar com vocês o que escrevi e o que venho escrevendo para um projeto que tenho de um livro. Preciso da ajuda critica de vocês para um” final cut.”

Se querem acompanhar estas portagens , se cadastrem no site ou no Rss dos posts ou até mesmo sigam o Blog para receber por email.

Postarei os assuntos cortados para não ficar extenso, um pouco por dia .

Sejam bem vindos ao meu mundo,

“Conversa de Bar e Cozinha”


Crônicas de um pai e marido.

Um canto do bar ou uma pia da cozinha, para dividirmos os anseios e coisas boas da vida. De um marido, pai e amigo… “diz aí”!

O Começo

Eu criei este espaço, pois ao longo da minha vida tenho passado por tantas experiências, dúvidas, acertos, erros, tropeços e descobertas, e sempre me pergunto se sou diferente, especial, doido ou se existe alguém com as mesmas experiências . Neste livro, quero compartilhar com vocês estes momentos e espero contribuir na sua caminhada.

Conversarei com vocês como se estivesse num bar com um amigo ou na mesa da cozinha com a minha esposa ou meus filhos. Perdoem-me se em algum momento, não pensarmos da mesma forma, pois aqui manterei opiniões seguindo meus princípios e minha criação, mas tenha certeza que sempre tratarei todos como amigos.

Filhos

Decidir ter um filho é algo de extrema importância. É decidir ter o coração, para sempre,
andando fora do seu corpo.”(Elizabeth W. Stone)

Adoro este assunto, você tem filhos? Tenho dois filhos, eterno príncipe e princesa na minha vida, minhas paixões, cada um da sua maneira. Tentarei te dar uma ideia de quão especiais eles são, assim como tenho certeza que seus filhos também são ou serão.

Minha princesa

Ela tem três aninhos e veio ao mundo para iluminar esta família e todos que a cercam. Ela é loirinha, faz capoeira, balé e fala muito parecido com o cebolinha, trocando as letras, o que a deixa mais fofinha ainda.

Na parte da educação dela não tenho muito que falar, pois passando aquela fase de bebê, basicamente são as regras básicas de comer de boca fechada, não jogar comida para o cachorro, isso mesmo, ela tem um cachorrinho que parece mais uma extensão dos seus brinquedos, guardar os brinquedos, respeitar o “Não” – umas das palavras mais usadas por nós nesta idade, mas tirando isso não tem muita coisa que mereça uma analise mais profunda de método Piaget ou qualquer outro. Esta figurinha tem o dom de conseguir qualquer coisa, principalmente ou especialmente comigo, pois quando chego à noite, ela já tocou o terror com a mãe, e eu pego a parte boa, que é do chamego, o único problema é que de acordo a mãe eu estrago ela, será?

A vida é uma só e afinal ela é uma princesa. Ela adora cores, mas o rosa e o roxo são as preferidas, tudo ela pergunta: é roxo ou rosa? Quer agradá- la basta pegar suas roupas de princesa, Cinderela, Barbie ou Branca de neve. Na hora de comer ela adora carne e pizza, além de adorar aquela sopinha da Nestlé, mas tem que ser o risotinho, do contrário ela nem olha.

Meu príncipe

Ele é a criança mais cativante do mundo. É o primeiro, veio sem termos planejado nada, foi “feito” ao som de Red Hot Chilli Peppers e regado à pizza e nuggets.

Com ele, tudo foi novidade, ele teve de tudo que empurraram para gente, era tela de mosquito, era chupeta com lugar para remédio, era piso macio se ele caísse, enfim, marinheiros de primeira viagem. Eu chegava ao cumulo de ficar olhando seu peito, enquanto dormia, para ver se mexia e estava respirando. Sempre foi a coisa mais linda do mundo, parecia criança de propaganda de TV.

Sua infância foi tranquila (para ele, para nós tudo era novo e desesperador) Apesar de não termos uma estrutura pré-via montada para receber um bebê, tudo aos poucos foi se encaixando e nunca faltou nada. Eu não tinha cama de casal e ar condicionado, era um ventilador e um sofá cama, mas ele tinha ar condicionado e berço americano king size com tela de mosquito, almofada, móbile que girava e rodava
fazendo sons e luzes coloridas, enfim, tudo que tinha direito.

Hoje ele já com 11 anos, se tornou uma criança superinteligente e sensível, incapaz de fazer mal a outra pessoa, uma criança sem maldades. Adora Futebol, vídeo games e agora assisti tudo sobre futebol americano. Esta na fase meio rebelde além de usar umas roupas meio largas e um boné com aba reta tampando a franja. Se tornou um garoto fantástico a qual tenho orgulho de dizer que é meu filho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s